Banner Aleatório
GoiásPolícia
Tendência

Encontrado corpo de quinta vítima de chacina em Itapaci

O corpo estava em estado de decomposição em uma mata de difícil acesso

O corpo da quinta vítima da chacina que ocorreu em uma residência em Itapaci, a 220 quilômetros de Goiânia, foi encontrado três dias após o incidente, na noite do último sábado (26). Trata-se de um jovem de 22 anos, baleado durante o crime e que conseguiu escapar. Ele seria um dos alvos iniciais dos atiradores. 

A chacina resultou em um total de seis pessoas baleadas na última quarta-feira (23) no Jardim Tropical I. Quatro vítimas foram encontradas mortas na casa e uma adolescente de 14 anos permanece hospitalizada. A motivação do crime teria ligação com o tráfico de drogas, conforme a Polícia Militar do Estado de Goiás (PM-GO).

O corpo de Marco Aurélio Vieira Gomes foi localizado por policiais militares por volta das 19 horas após uma denúncia anônima. O cadáver estava em um local de mata de difícil acesso, em estado de decomposição. Ele e outro rapaz de 18 anos seriam os alvos iniciais do ataque, mas o segundo não estava na residência durante o crime.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Ceres. A investigação do caso está a cargo da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH).

Na manhã de sábado (26), os militares receberam outra denúncia anônima que indicava a fuga de dois suspeitos envolvidos na chacina, que estariam passando por Nova Glória, a cerca de 26 km de Itapaci. Uma perseguição ocorreu, resultando na morte dos dois rapazes, de 19 e 20 anos, após troca de tiros com os policiais. Ambos estavam armados com revólveres.

O coronel Lusdenes Rodrigues Alencar informou que os suspeitos mortos tinham envolvimento com o crime, mas não foram os executores. Ele indicou que as investigações já apontaram os possíveis autores do crime, mas por ser responsabilidade da PC-GO, não pôde fornecer mais detalhes.

Leia a nossa edição impressa. Para receber as notícias do Diário de Aparecida em primeira mão entre em um dos nossos grupos de WhatsApp.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo